Descobrindo o Tarot

setembro 16, 2009

Exercício SPR – O Enforcado

Filed under: Exercício SPR — Tags:, , — Leonardo Dias @ 1:16 AM

12 The Hanged ManA carta de hoje para o exercício SPR é o Enforcado – se não me engano, o segundo arcano maior a aparecer nesse exercício. Pra quem não tem acompanhado o blog, o exercício SPR basicamente consiste na análise do “comportamento” de uma determinada carta em cada uma das três posições da disposição Situação, Problema e Recursos, que recebe seu nome dos temas de cada uma de suas casas. A ideia é exercitar a compreensão do tema básico de cada carta inserido em três contextos: um “neutro” (a posição 1, a situação), e na dicotomia das duas posições seguintes – o contexto mais “negativo” da posição 2, o problema; e o sentido mais “positivo” da posição 3, os recursos. Encontrei esse exercício no site Tarot Studies, de Donald W, Stephens. Para introduzir a carta sorteada para a análise, eu também costumo falar um pouco sobre ela.

Sendo um dos Arcanos Maiores, o Enforcado, carta de número 12, é a representação/manifestação de um arquétipo, isto é, um conceito significativo que é parte da experiência comum a toda a humanidade, e que permeia o inconsciente coletivo, manifestando-se espontaneamente em diversas culturas através do tempo. Eu pessoalmente acho os Arcanos Maiores cartas muito “pesadas”, no sentido de terem um significado amplo e forte, e esse é um dos motivos por que eu uso todas as 78 cartas do Tarot juntas em uma consulta. Como o objetivo do exercício é analisar mais o significado divinatório das cartas, vamos deixar um pouco de lado os aspectos simbólicos/históricos do Enforcado por enquanto – certamente teremos outras oportunidades para falar sobre isso.

O significado básico do arcano 12, aquele que salta mais aos nossos olhos à primeira vista, é sofrimento. Na figura, vemos alguém que sofre por estar suspenso no ar, preso pelas pernas, tendo seus movimentos inibidos – completamente desamparado. O personagem da carta está totalmente entregue, à mercê. Podemos auferir disso a sugestão de um momento em que o indivíduo se vê forçado a permanecer suspenso em sua vida, numa espécie de limbo doloroso, onde ele está paralisado, sem poder fazer nada, a não ser esperar até que a situação se resolva por si mesma. Geralmente, essa é até a atitude mais aconselhável a se tomar nesses momentos – na maioria das vezes, quanto mais a gente tenta fazer alguma coisa, pior e mais dolorosa fica a situação. Por outro lado, nessas horas, é fácil entregar-se à apatia, ao conformismo, e mesmo à preguiça. Eu diria que essa é a tentação que o Enforcado oferece – a possibilidade de usarmos a nossa dor e a aparente situação de vítima das circunstâncias como justificativa para nossa preguiça e desmotivação. Essa mentalidade de vítima é uma das maiores tentações que essa carta pode indicar – mas ela é só a parte mais óbvia do Enforcado. Pensando com mais calma sobre o que ilustra a carta, não é muito difícil perceber que a situação do Enforcado representa, mais do que simplesmente sofrimento e imobilidade, uma oportunidade.

O momento de paralisia representado nessa carta traz uma oportunidade interessante de contemplação. Inerte, suspenso no ar pelos tornozelos, o Enforcado sofre sem poder fazer nada; no entanto, na reviravolta de ver tudo de cabeça para baixo, o personagem da carta pode ter uma perspectiva nova das coisas. E é esse um dos clicks dessa carta. Podemos usar nossos momentos de sofrimento como oportunidades para revermos nossas atitudes perante a vida, e enxergarmos o mundo de outra maneira, alterando assim o peso dos nossos valores e renovando nossas crenças. Psicologicamente, o trauma caracteriza-se pela mudança súbita de valores. No momento do trauma, tudo o que estava aparentemente equilibrado e estável vira de cabeça para baixo. Nossos valores e crenças são reorganizados – alguns se perdem, outros são adicionados e o resultado é um momento em que nos vemos forçados a repensar nossas crenças, e adaptá-las à nossa nova hierarquia de valores. Em várias versões do Enforcado, o personagem é retratado com um halo de luz ao redor de sua cabeça. Suspenso no ar, arrancado de seu contato com o chão (ou seja, com o mundo sólido e familiar) o Enforcado está entregue ao reino imaterial do espírito (a dicotomia Terra x Ar, matéria x espírito). Após alguma análise, fica evidente o forte caráter espiritual dessa carta, que pode representar uma mudança de valores, crenças e perspectivas de vida que advêm de eventos e situações a princípio traumáticas e desconfortáveis.

A mensagem principal do Enforcado é desprendimento. O momento de dor e impotência que ele representa requer uma boa dose de resignação e passividade. Sucessor da carta da Justiça (arcano 11) e antecessor da carta Morte (arcano 13), o Enforcado representa a morte/aniquilação do ego. Outro grande tema ilustrado por essa carta é a renúncia, que se origina de uma (re)avaliação da vida (A Justiça). O Enforcado é aquele que abandona tudo na vida para sair em busca de uma verdade maior – e a descobre não na constante movimentação, mas na imobilidade e na não-ação.

Divinatoriamente, o Enforcado geralmente vai cair mostrando momentos difíceis. De qualquer maneira, ele sempre traz consigo novas oportunidades de percepção e ampliação da consciência – mesmo que através da dor. De certa forma, o arcano 12 propõe escolhas – depois que seu mundo inteiro virou de cabeça para baixo, te deixando com a sensação de estar suspenso no vazio, você vai fechar os olhos e recolher-se ao seu sofrimento, ou vai abri-los para contemplar o novo mundo que se faz na sua frente?

Disposição da carta nas casas da SPR

Casa I, A Situação

Como dito anteriormente, o Enforcado pode indicar uma situação difícil, dolorosa e que se arrasta, deixando o indivíduo perdido na indefinição. Também pode indicar um momento de questionamento e reconsideração de valores. Frequentemente, a carta também pode indicar momentos caracterizados por essas duas coisas juntas – situações difíceis que obrigam o consulente a repensar suas crenças.

Casa II, O Problema/desafio

Aqui a tendência é a estagnação, o conformismo, a apatia e a mentalidade de vítima. Nessa posição, o Enforcado pode indicar uma tendência a entregar-se à situação passivamente. Fraqueza, insegurança, dúvidas com respeito a si mesmo e desmotivação. Essa carta, aqui, também pode sair para indicar uma necessidade de atitude desprendida e resignada.

Casa III, Os Recursos/vantagens

Os recursos oferecidos por essa carta têm a ver com as oportunidades de renovação da perspectiva e amadurecimento. Formas novas de ver as coisas podem portar a resolução de um problema ou impasse. Nessa posição, eu sempre penso muito na cabeça do personagem pendurado, cercada de luz, como se ele tivesse acabado de ter uma ideia, ou um insight. Quem nunca descobriu coisas valiosas ao abrir mão de coisas que lhes eram caras? Esse é o recurso mais precioso que o Enforcado pode oferecer.

fontes – 78notes.blogspot.com

Wikipedia

Anúncios

7 Comentários »

  1. Nossa, que maravilha seus SPR e descricoes das cartas. Muito bem feitos!

    Comentário por maria — outubro 26, 2009 @ 2:48 PM

  2. […] 12 – O Enforcado […]

    Pingback por Índice de Posts « Descobrindo o Tarot — dezembro 8, 2009 @ 1:40 AM

  3. muito bom o post… adorei!

    *-*

    Comentário por schiphol .-. — setembro 20, 2010 @ 9:18 AM

    • Brigado! Que bom que você gostou 😉

      Comentário por Leonardo Dias — setembro 20, 2010 @ 6:06 PM

  4. […] “o enforcado“, carta de tarô. -1.475362 -48.452757 Esta entrada foi publicada em Arquitetura UFPA, […]

    Pingback por Punição à negligência docente na UFPA | FAU-ITEC-UFPA — janeiro 20, 2011 @ 6:01 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: