Descobrindo o Tarot

agosto 31, 2010

SETE DE COPAS + INDIANA JONES + PICTORIAL KEY TAROT

Filed under: Diversos, Videos — Tags:, , , , , — Leonardo Dias @ 6:14 AM

Tem bem mais que sete taças nessa cena, mas a ideia não deixa de me fazer pensar no Sete de Copas – –

Temos aí uma escolha, que envolve várias taças (no caso, o Santo Graal), e a taça verdadeira está oculta entre um monte de outras taças, nos mais variados formatos e motivos decorativos. Primeiro, temos a figura do homem corrupto, ambicioso, que está em busca do Santo Graal (que aqui poderia ser visto como uma metáfora da Verdade) motivado por razões egoístas. Ele então escolhe uma taça bonita – se deixa seduzir pelas aparências – bebe da Água com ela, e se desfaz diante dos olhos de todos, pois a taça não era a certa. Ele se deixou enganar pelas aparências, e se perdeu. Então vem Indiana Jones, a figura do herói bravo e puro de coração (isso é inclusive explicitado pelo cavaleiro velho que Indiana encontra na gruta). Ele escolhe o cálice mais simples e modesto – que se mostra ser o correto e salva vidas. Da mesma forma, a figura velada pode ser vista como a coisa mais simples de todas as que saem da taça – e também a mais misteriosa.

A gente pode encontrar uma sugestão semelhante na imagem do Sete de Copas composta por Pamela Smith para o baralho de Arthur Waite – a temática da Verdade, a bênção (a figura velada) oculta entre várias tentações mentirosas.

Fica a ideia.

.

O Pictorial Key Tarot, lançado em 2008 pela Lo Scarabeo, e criado por Giordano Berti e Davide Corsi, é uma versão modernizada do Rider-Waite-Smith, com imagens pendendo para o realismo, com uma “aparência levemente perfeita, plástica”, como diz os Aeclectic.net.

O Sete de Copas desse baralho me chamou especialmente a atenção, exatamente pela forma que ele interpretou o Sete de Copas de Pamela Smith, colocando a figura velada encima em posição de destaque. Podemos perceber uma semelhança entre a silhoueta do homem, embaixo, e da figura, encima, o que nos leva a automaticamente estabelecer certa ligação sutil entre as figuras. A figura velada no alto está praticamente entronizada como uma espécie de santo ou deidade. Isso não fica explicitado no RWS, mas é sugerido, quando você analisa as imagens.

As imagens de Pamela muitas vezes sugerem ir além dos significados dados no livro – como o Cinco de Ouros, por exemplo, que deixa no ar um forte questionamento sobre a nossa condição humana. Em outra versão do RWS, o Royal Fez Moroccan, temos essa mesma leitura das imagens da Pamela. Talvez o Pictorial Key Tarot tenha se baseado no Moroccan pra compor a imagem dele para essa carta. De qualquer forma, temos aí uma evidência que pende para a mesma coisa sugerida no meu post sobre o assunto.

.

Similaridades entre duas versões do Sete de Copas: à esquerda, o Royal Fez Moroccan, concebido pelo ocultista Roland Berrill, nos anos cinquenta; à direita, o Pictorial Key Tarot, lançado em 2008 pela Lo Scarabeo.

.

Agradecimentos a Ricardo Pereira, do blog Substractum Tarot, por ter me cedido a imagem do Pictorial Key, que eu vi pela primeira vez há alguns dias, em sua comunidade do Orkut. Agradeço também a inspiração!

Anúncios

4 Comentários »

  1. Gostei muito da sua interpretação da cena, mas tenho que dizer que ela me incomoda um pouco. Sinto um cheiro de “lição de moral” aí que não me agrada muito. Me incomoda o fato de a perdição do bandido ter vindo pelas mãos de uma mulher – isso não te lembra alguma coisa? Me incomoda o fato de o herói da estória ser um arqueólogo que destrói todos os lugares por onde passa, inclusive quebrando a marretadas um chão de mármore de uma igreja italiana…Gosto muito da cena deste mesmo filme que mostra quando ele tem que supostamente se jogar num precipício, e descobre que há uma ponte camuflada…

    Comentário por Luciana D — setembro 4, 2010 @ 11:54 AM

    • É, eu também notei o fato da mulher ter dado a taça pra ele, mas eu acho que isso deve fazer algum sentido no contexto do filme. De repente ela fez de propósito, porque ela gostava do Indiana, eu não sei. O que eu quis salientar aqui foi mesmo o tema das taças e a ideia de se deixar seduzir pelas aparências, e se perder nisso. A cena está contextualizada no filme.

      Que tem lição de moral barata, é claro, primeiro porque é Hollywood, segundo porque isso é uma fábula moderna, que só faz reproduzir os mitos antigos de heróis, princesas, e tesouros escondidos em cavernas profundas. Tudo segue um mesmo molde.

      Achei legal esse arquivo que você mencionou com mais de 300 decks, vou checar!

      Abç

      Comentário por Leonardo Dias — setembro 4, 2010 @ 3:38 PM

  2. Em relação às imagens de baralhos, procure baixar um torrent chamado jbo3 taror giga torrent 300+
    Tem mais de 300 baralhos, cada um mais bonito do que o outro. E tem os infames também, tipo o tarot da Barbie…

    Comentário por Luciana D — setembro 4, 2010 @ 11:57 AM

  3. retificando: JBOT3 Tarot Giga Torrent 300+

    Veja também o tarot da Hello Kitty!

    Comentário por Luciana D — setembro 4, 2010 @ 12:00 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: