Descobrindo o Tarot

outubro 30, 2010

DECK REVIEW – TAROT NOVA

Filed under: Livros / Decks, Videos — Tags:, , , — Leonardo Dias @ 6:01 AM

Achei esse deck muito por acaso na Saraiva do Shopping Paulista, faz alguns dias, e decidi fazer uma review dele no blog.

O Tarot Nova, parte do ‘Tarot, the Complete Kit’ é uma publicação muito fofa da Running Press, importado ao Brasil pela Siciliano. O kit consiste em um baralho, um pequeno livro de significados para as cartas e uma folha explicativa que oferece uma sugestão de método de tiragem – o único mencionado no kit – bem como explicações sobre como proceder com a tiragem. O kit todo é arranjado de forma compacta e inteligente – o livro prende-se à parte interna da tampa superior da ‘caixa’ que abriga o baralho e a folha explicativa dentro, e mantém-se fechada com uma aba dianteira que se fixa magneticamente a um dos lados do pacote.

As cartas chamam a atenção logo de cara, pela irreverência e visual incomum. Coloridas vivamente e de uma simplicidade quase infantil, as imagens retratam personagens que praticamente saltam do onipresente fundo preto, que lhes confere um status quase que icônico. Outro traço incomum desse deck é a ideia de colorir os quatro cantos de cada carta com tons que identificam o naipe ao qual pertencem – vermelho para o naipe de Bastões, aqua para o naipe de Copas, amarelo alaranjado para o naipe de Espadas e verde claro para o naipe de Pentáculos. A cor associada aos arcanos maiores é o púrpura. De fato, a cor é um elemento bastante trabalhado na arte do Tarot Nova, que obviamente busca no apelo automático ao sentido da visão um meio de contato fácil com as imagens de por Julie Paschkis.

Pequenas quando comparadas à maioria dos outros baralhos de Tarot, as cartas são menores em altura que a minha versão de bolso do Universal Waite (medem 7,4 cm de altura), mas um pouquinho mais largas (6,3 cm). As cartas também são mais grossas – o maço completo mede cerca de 3 cm de espessura (contra os 2,5 cm do Universal Waite pocket Ed.) – e são impressas em um papel impermeável super brilhante. Seu tamanho diminuto garante uma boa portabilidade. As costas das cartas exibem uma ilustração rica em cores e detalhes, retratando pessoas jogando cartas num gesto curiosamente malabarista, rodeadas por ornamentos de motivos florais e astrais contra um fundo preto, tendo o sol no centro. Com as cartas abertas em leque e viradas para baixo, a repetição da mesma imagem de costas cria um efeito meio psicodélico muito interessante, que torna a escolha das cartas ainda mais instintiva, pois fica mais difícil distinguir uma carta da outra.

A grossura extra do papel não atrapalha na hora de embaralhar, porém você deve tomar um cuidado extra ao espalhar as cartas – caso você costume fazer isso – pois a textura do papel plastificado dificulta um pouco essa tarefa.

Iconograficamente, o Tarot Nova exibe claras influências do Rider-Waite-Smith, com referências no mínimo indiretas ao modelo de interpretação proposto pela Golden Dawn. Todas as cartas são ilustradas com cenas ou retratos de objetos. Os arcanos menores frequentemente se assemelham aos do RWS, quer seja pictoricamente, quer conceitualmente. Influências pictóricas do Crowley-Harris-Thoth também podem ser percebidas com freqüência (eu não tenho um CHT, então é possível que eu não perceba tanto sua influência nesse deck). Todos os arcanos maiores trazem indicativos do signo/planeta ao qual correspondem no sistema da GD, bem como sua letra hebraica. O eco mais perceptível do CHT que eu notei foi a presença de animais em boa parte das figuras da corte, e em todos os Cavaleiros. De qualquer forma, o baralho da Golden Dawn também usou esse recurso do simbolismo animal com as figuras da corte. O sistema da corte do Tarot Nova, entretanto, obedece ao esquema mais comum de Rei-Rainha-Cavaleiro-Pajem, o que me sugere que o deck foi mesmo feito mais para vender que para veicular esse ou aquele sistema de interpretação do Tarot, já que combina mais de um sistema com aparente indiscriminação.

No Tarot Nova, a Força é numerada 11 e a Justiça, 8; os naipes são Bastões, Copas, Espadas e Pentáculos.

O Tarot Nova me surpreendeu pela profundidade existente na aparente simplicidade das imagens. Semelhante ao trabalho de Pamela Smith no RWS, as imagens de Julia Paschkis inspiram uma série de ideias, justamente por serem diretas e leves, o que acaba estimulando a imaginação de maneira muito agradável. Tudo nesse deck – as cores, o tamanho e espessura das cartas, o caráter pictórico quase livro infantil – resgata certas coisas que nunca deveriam deixar de ser parte de uma boa leitura de cartas – o ludismo e a diversão. O Tarot Nova torna a experiência de ler as cartas mais estimulante, divertida e imaginativa.

Anúncios

3 Comentários »

  1. Leo,

    sim é um conjunto diferenciado e interessante, para quem de certa forma tenha conhecimento sobre simbologia e assim encontrar as analogias possíveis. Vídeo bem didático; parabéns e obrigado por compartilhar!
    Eu me dei o conjunto comemorativo da Pamela, e realmente é muito prático de embaralhar e fazer o leque!

    Abraços.

    Comentário por Arierom — outubro 30, 2010 @ 11:55 AM

    • Hey!

      Que bom saber que você apreciou! O que me chamou a atenção nesse deck foi a riqueza plástica e a vivacidade das imagens. E, sim, o deck da Pamela é incrível pra manusear, é outro mundo, rs.

      Eu acho que eu vou fazer mais reviews de baralhos e de livros, é uma coisa legal…

      Brigado pela participação, Arierom!

      Comentário por Leonardo Dias — outubro 30, 2010 @ 7:43 PM

  2. Oi Léo.

    Achei bem “vivo” esse baralho. As cores são incríveis. Na verdade acho que elas nos grudam ao baralho. Você conheçe o Golden Tarot by Kat Black. LIndo tb. e tem como referência simbólica o baralho de RWS.

    Abraço.

    Comentário por Flávio — novembro 4, 2010 @ 9:42 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: