Descobrindo o Tarot

abril 4, 2011

A VERDADE NA LEITURA DE CARTAS

Filed under: Diversos, Videos — Tags:, — Leonardo Dias @ 3:22 AM

Nas últimas semanas, alguns acontecimentos – como conversas e ideias durante leituras – me deixaram pensando sobre como lidamos com a verdade na leitura de cartas. A ação da verdade una é analisada no processo multi-facetado da leitura das cartas, que consiste essencialmente em um diálogo, composto por partes bem distintas.

De um lado, temos o consulente, com seus desejos e aspirações. Desejos de ter suas dúvidas saciadas, dúvidas relacionadas justamente ao possível alcance de seus desejos. “Você quer a mesma coisa que deseja?” Foi mais ou menos essa a questão que um psiquiatra me colocou, há alguns anos. E, desde então, essa distinção entre querer e desejar tem permanecido nos meus pensamentos. É só pensar um pouco para perceber que nossos desejos costumam ter pouca aderência à realidade – desejamos coisas e situações menos pelas coisas em si do que pelo puro e simples ato de desejá-las, e também não nos conhecemos o suficiente para nos relacionarmos de maneira satisfatória com nossos anseios. O resultado disso é uma confusão que resulta naquela frequente sensação de insatisfação sem-sentido quando finalmente conseguimos o que passamos tanto tempo desejando, bem como em uma certa inconsequência  na hora de postar as perguntas para um oráculo. Faz parte do papel do consulente cultivar responsabilidade sobre o que o oráculo lhe revela. O papel do oráculo é responder às perguntas do consulente. Cabe ao consulente decidir o que realmente quer saber – mais que isso, o que precisa de fato saber para tirar o proveito necessário da situação e progredir em direção às suas aspirações. Também, tanto ou mais importante quanto, cabe ao consulente ter claro para si se terá estômago para digerir bem as verdades que solicita ao oráculo. Porque elas serão ditas.

Do outro lado, o leitor, aquele que, via de regra e em princípio, recebe a incumbência de comunicar a verdade do oráculo ao consulente. Assim como pedir pela verdade, dizê-la pode ser uma tarefa pesada. O peso desse papel gera a questão de se a verdade deve ser dita sempre em cheio, ou se ela deve ser adaptada à situação do consulente, especialmente nos tão frequentes casos de inconsequência ao colocar as perguntas.

Pensar sobre a verdade me leva à pensar sobre o poder que o conhecimento tem de moldar a realidade. Mudando nossa forma de perceber as coisas, o conhecimento muda a forma que agimos na vida e, consequentemente, mantém uma relação diretamente causal com o sucesso ou não da busca pela satisfação dos nossos desejos. É justamente esse o ponto de fusão de uma leitura de cartas – conferir mais poder ao consulente, através de um conhecimento mais amplo sobre si mesmo e sua situação.

É sobre essas coisas que eu falo nos onze minutos e meio do video abaixo.

 


Anúncios

11 Comentários »

  1. Oi Léo, como sempre seus comentários só acrescentam sabedoria e luz em minha jornada pelo tarot. Parabéns mais uma vez. Estava com saudades dos seus vídeos! Bjs de luz!Moona Saví.

    Comentário por Moona Saví — abril 4, 2011 @ 3:42 AM

    • Hey!

      Eu é que tava sentindo falta já do pessoal – você inclusa!
      Fico feliz – como sempre – por ter gostado do video, e brigado pela participação!

      Bjo!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 4, 2011 @ 4:30 AM

  2. Leonardo,

    uso um breve discurso de introdução nos atendimentos: “…tem coragem de perguntar, terá coragem de ouvir a resposta?”

    Creio que todos merecem a nossa honestidade (e a do Tarô também!), mas em alguma situações nem todos estão preparados para a nossa sinceridade… e a do Tarô também!

    Bem, quando começamos a ser torcida do consulente é delicado, costumamos nos perder da impessoalidade, e isto, pode dar brecha para julgarmos mais a frente… (que não é a nossa função!)
    Mesmo quando notamos que o consulente está se ausentando do seu real querer, por assim dizer.

    Forte abraço e parabéns pelo artigo!

    Comentário por Arierom — abril 4, 2011 @ 6:55 PM

    • Sim, exatamente, Arierom. Eu também faço costumo fazer uma introduçãozinha nessas linhas, pra pessoa meio que sentir o drama e se tocar do que que ela tá fazendo, rs. Ler cartas é dialogar – com o Tarot, e com o consulente – e, simples assim, imparcialidade é parte importante pro equilíbrio do diálogo.

      Brigado pela participação, e abraço!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 4, 2011 @ 7:00 PM

  3. E o post sobre astrologia e tarot, tá sendo chocado pra nascer um dia?

    Comentário por Luciana D — abril 4, 2011 @ 8:44 PM

    • Nossa, pensei nisso hoje, há algumas horas. Você capta as coisas, rsrs.

      Comentário por Leonardo Dias — abril 4, 2011 @ 8:47 PM

      • É a sintonia, baby.

        Comentário por Luciana D — abril 7, 2011 @ 3:49 PM

  4. Léo adorei seu discurso na convenção, Parabéns para você e para Pietra!!!!

    Comentário por Josilda Lima — maio 10, 2012 @ 11:53 PM

    • Muito obrigado, Josilda, e fico feliz que tenha apreciado! Abraço, e agradeço pela presença.

      Comentário por Leonardo Dias — junho 25, 2012 @ 7:27 PM

  5. cara eu amei suas dicas sou um aprendiz na arte,sim pra mim e uma arte ler as cartas,e o meu baralho sao cartas de um pequeno livro de ney naiff,e entao eu queria saber onde eu posso comprar um baralho assim como o seu,com figuras nos naipes menores.me ajude por favor.

    Comentário por ivanir — novembro 21, 2012 @ 4:06 PM

    • Oi, Ivanir!
      Para baralhos, sugiro que dê uma olhada na loja do Amor Próprio. O atendimento é excelente, ótimos preços e costuma-se ter o Rider-Waite-Smith para pronta entrega.

      Obrigado pela participação!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 16, 2013 @ 1:21 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: