Descobrindo o Tarot

abril 24, 2011

PERGUNTAS E RESPOSTAS – DIFERENÇA ENTRE BARALHOS

Filed under: Diversos — Tags:, — Leonardo Dias @ 3:35 PM

O baralho faz diferença? O meu é o Rider-Waite. A diferença é que a Justiça pra ele é a Força nos outros (numeração). Fora isso eu achava que era tudo igual..

.

pergunta acima foi feita pela leitora Ana Valério, num, post antigo sobre o Cinco de Copas, há alguns dias.

A questão dos diversos baralhos é algo bastante discutido entre estudantes e praticantes de Tarot. Eu mesmo já falei sobre ela mais de uma vez aqui no blog; mesmo assim, a questão colocada pela Ana tem alguns aspectos interessantes, que talvez possam interessar a outros leitores também.

O primeiro aspecto dessa pergunta diz respeito à diferença de colocação de duas cartas na ordem dos chamados arcanos maiores, no baralho Rider-Waite-Smith: A Força e A Justiça. Originalmente ocupando a décima primeira posição na sequência, no RWS A Força foi reposicionada como oitava carta, ficando então A Justiça na posição onze. Waite não se dispõe a explicar o motivo de tal alteração no The Pictorial Key to the Tarot, livro que originalmente acompanhava as cartas do hoje chamado Rider-Waite Tarot. No entanto, seria mais apropriado dizer que Waite manteve a ordem dos arcanos que ele aprendeu na Golden Dawn, ordem hermética da qual foi membro por muitos anos. A GD, por sua vez, mudou a colocação de ambas as cartas para que elas ficassem de acordo com o sistema de correspondências entre as cartas do Tarot, as letras hebraicas e os signos/planetas astrológicos proposto pela ordem. Waite preferiu não comentar os motivos da mudança, provavelmente porque havia jurado manter secretos os preceitos da GD, recebidos em iniciações especiais.

De qualquer forma, tal mudança exerce muito pouca influência na prática da leitura, a menos que os valores numéricos das cartas exerçam papel proeminente em seu processo de leitura – como em cálculos, por exemplo. Se for esse o caso, sinta-se livre para adotar ou recusar a mudança proposta pelo RWS. Cuide apenas para buscar bases sólidas nas quais possa sustentar tal decisão, afim de que ela não seja algo feito de forma vã, ou por falta de informação.

Segundo, temos a questão da diferença entre os baralhos. Eu sempre sou inclinado a dizer que sim, há diferença em usar esse ou aquele baralho. Ainda que a base seja a mesma, cada baralho fornece uma visão diferente das mesmas imagens, e imagens diferentes vão inspirar coisas diferentes numa leitura. Eu gosto de pensar nas diferenças entre os baralhos de Tarot como o mesmo tipo de diferença entre players ou câmeras de varias marcas, que exigem uma forma específica de manuseio para executarem uma mesma tarefa – tocar música ou tirar fotos. Por último, vale também dizer que boa parte dessa questão da diferença entre baralhos depende também do leitor. Cabe a ele ignorar ou levar em consideração, menos ou mais, as divergências de visão que cada baralho oferece.

Anúncios

5 Comentários »

  1. Oi Leo!

    Tenho visitado freqüentemente seu blog e estou adorando. Parabéns, você escreve muito bem e tem um “papo” ótimo de ler nos posts e ver nos vídeos, rsrsrs.

    Sobre a diferença entre os baralhos, confesso que há pouco tempo tenho sentido que, de um baralho para outro, existem diferenças sutis durante a leitura.
    Não pensava dessa forma pois sempre me identifiquei (e ainda me identifico) com as lições colhidas nas obras do Nei Naiff. Tenho todos os livros dele e considero o Nei um verdadeiro estudioso das ciências esotéricas.

    Ele expõe o pensamento de que determinada carta sempre carrega em si os mesmos segredos, independentemente da pintura do baralho, seja RWS, Thoth, Marselha, etc… Concordo com ele, mas tenho percebido uma sutil diferença nos jogos que faço com meu Druidcraft Tarot.

    O Druidcraft é baseado na cultura Celta/Druida e é, sem dúvida, meu Tarô preferido. As pinturas são fantásticas!
    Alguns arcanos, entretanto, tem peculiaridades no Tarô, como por exemplo, o Arcano 10 (A RODA) que aparece sob a forma de uma sacerdotisa fazendo um círculo de proteção com uma vara, tal qual o círculo utilizado na magia.

    Isso já fez mudar sensivelmente a visão sobre uma determinada situação e desde então tenho tentado dialogar mais com meu Tarô (fato, inclusive, que você já abordou aqui no blog).

    Bem, é isso, queria apenas dividir essa opinião contigo. Mais uma vez parabéns pelo blog!

    Grande abraço!
    Helder.

    Comentário por Helder — abril 25, 2011 @ 11:42 PM

    • Oi, Helder!

      Eu vejo o Tarot como algo que só existe de fato quanto posto em uso. E eu acredito que as imagens das cartas são fluidas, e que podemos tirar bastante proveito dessa fluidez durante a leitura quando pensamos menos no que elas supostamente significam, e mais no que elas de fato mostram. Cada baralho apresenta os mesmos temas de formas diferentes, e os pequenos detalhes que compõem cada imagem falam por si, e podem pesar.

      Essa coisa de dialogar com o Tarot é sempre muito gratificante. E eu adoro o Druidcraft!

      Abraço, e brigado pela participação, Helder!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 27, 2011 @ 3:03 AM

  2. Sabe Léo…,
    hoje como tudo que você escreveu, prefiro olhar as diversas criações artística como expressão de arte, e todos dos conjuntos que uso para leituras, pela via tradicional e clássica. Para mim funciona melhor, mas não me furto de procurar percepções variadas nas “novidades de mercado” que possam ajudar o estudo e a prática.

    Comentário por Arierom — abril 26, 2011 @ 1:23 PM

    • Hey!

      Sim, bases sólidas são importantes!

      Brigado pela participação, Arierom!

      Abraço

      Comentário por Leonardo Dias — abril 26, 2011 @ 11:26 PM

  3. Eu concordo que tarot é tarô e se tirassemos os números – como a Liz Greene fez – ia tudo terminar no mesmo.
    Mas preciso dizer… prefiro a Justiça como 8. Me parece mais apropriado.
    De resto, quanto mais baralhos, melhor, afinal vamos ganhando repertório de imagens =)

    Comentário por Pietra — abril 27, 2011 @ 8:53 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: