Descobrindo o Tarot

janeiro 17, 2012

DUAS CARTAS PARA OLHOS CANSADOS

Filed under: Lembretes, Notas — Tags:, — Leonardo Dias @ 3:58 AM

Logo ao chegar ao trabalho hoje, notei certa dificuldade ao tentar ler as palavras da tela. Mais tarde, já em casa, percebi desconforto semelhante ao ler um livro. A suspeita de que poderia estar com algum tipo de desgaste visual motivou-me a consultar o tarot sobre uma ameaça mais séria à minha visão.

O Oito de Ouros foi a primeira das duas cartas que eu virei, imediatamente me evocando ideias relacionadas a estudo, trabalho e concentração. Dando perfeito eco à primeira carta, na segunda posição, o tarot colocou o Três de Ouros. O desconforto visual decorre de muito esforço, e talvez fosse legal consultar um profissional a respeito. A resposta me pareceu bastante clara.

Recorrente nas duas cenas do baralho Waite-Smith, a figura do trabalhador com cinzel e martelo é o elemento visual que nos sugere logo de cara uma relação entre as duas cartas. Tal relação, visualmente perceptível em ambas as cenas, é atestada por Waite, autor do baralho, em seu livro. Tanto o personagem do Oito quanto o do Três, arduamente focados em suas tarefas, de imediato inspiram-nos ideias relacionadas a trabalho e prática.

Todo esse excesso de trabalho facilmente me leva à pensar em esforço em demasia, sobrecarga e trabalho demais. A sutil progressão nos motivos das duas cartas na ordem da minha tirada, com o aprendiz do Oito metamorfoseando-se no mestre do Três, posteriormente me inspirou a pensar no contraste entre noções pouco experientes (as minhas) e conhecimento fundamentado (do profissional). Sutil sugestão de que seria bom procurar um oftalmo.

Tudo isso para mostrar que ler cartas não precisa ser complicado e que não precisamos nos perder em listas enormes de significados para obter uma mensagem consistente das cartas. É claro que eu já suspeitava de que estava esforçando demais minha vista; entretanto, a clara resposta do tarot, facilmente verificável quando analisamos objetivamente as imagens das cartas, serviu tanto para confirmar minha suspeita como para mostrar que meu desconforto provavelmente não sinaliza nada mais sério que isso – esforço demais.

A resposta direta à minha pergunta, então, é essa – “não é nada sério, você está sobrecarregando seus olhos”.

Simples assim 🙂

image

Anúncios

15 Comentários »

  1. Ótimo exemplo de como o tarô é simples. Certa vez, com uma simples carta, consegui uma resposta bem direta e certeira. Claro, também creio que há certas perguntas ou situações nas quais precisamos usar um certo método de leitura e nos aprofundarmos mais nas cartas, no entanto, para as questões corriqueiras acho que é isso aí: simplicidade e particidade!

    Comentário por Flávio — janeiro 17, 2012 @ 8:51 AM

  2. O tarô, como sempre, muito certeiro em suas respostas. Certa ocasião retirei só uma cartinha pra uma resposta que eu queria. O tarô me voltou uma resposta tão clara que quase não acreditei naquilo. Pessoalmente, creio que, usado de forma correta,o tarô sempre é muito certeiro.

    Comentário por Flávio — janeiro 18, 2012 @ 3:59 PM

    • Sim, ele sempre nos surpreende 🙂

      Comentário por Leonardo Dias — janeiro 22, 2012 @ 6:27 PM

  3. Simples e PERFEITO!
    Gostei Leo… 🙂

    Comentário por Euclydes Cardoso Junior — janeiro 26, 2012 @ 4:13 PM

  4. Léo, tudo bom?

    Estava lendo esses dias sobre tarô e percebi que muitos tarólogos americanos falam e usam muito o tal do “SIGNIFICATOR” em sus tiradas. pelo que entendi, isso refere-se ao consulente, né isso? É a carta que mostra a condição do consulente durante o jogo? Bom, não sei se aqui no Brasil agente usa muito o significator. Bom, vc. pode falar mais um pouco disso?

    Vlw.

    Comentário por Flávio — janeiro 30, 2012 @ 8:30 AM

  5. Olá, Leonardo,
    Já sou frequentador assíduo do seu blog há alguns meses. Eu simplesmente ADORO seus vídeos e textos!
    Pela primeira vez estou enviando um comentário.
    Gostaria de fazer uma pergunta:
    As correspondências astrológicas da Golden Dawn se baseiam em que fatores?
    Será que você poderia fazer uma postagem sobre essas correspondências?

    MUUUUITO OBRIGADO! BJS!

    Comentário por Victor Gobyah'El — fevereiro 2, 2012 @ 1:09 PM

  6. vontade de compartilhar : estava aqui pensando sobre o olhar do tarot em todas as imagens. Estava vendo aquele desenho do Touro Ferdinando. permitam-me fazer uns comentários avulsos que não se preocupam em ser verdadeiros: é engraçado o personagem do touro Ferdinando nesse desenho. Essa afeição de Ferdinando pelas flores parece ser uma característica venusiana. Ao ponto que também lembra “Ceres” ambos os mitos relacionados ao touro. O ferrão da abelha tocou o touro nas nádegas, o que me faz lembrar o simbolismo da segunda casa do zodíaco, relacionada com o sentimento de posse e o próprio ego, bem como com o desenrolar da fase fecal. O toureiro matador empunha uma espada. A espada, símbolo do ar – é o elemento exatamente oposto e inimigo da terra. As flores lembram Ferdinando suas “posses”. Sua Terra. E há aí uma briga entre o elemento ar (a espada) e as flores (a terra). O ar fica irritado por não conseguir mover a terra. O link do vídeo do touro está aqui http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=fVvtizHhkoM#!

    Comentário por Victor Gobyah'El — fevereiro 4, 2012 @ 9:23 PM

  7. Olá Leo, como está?
    Sempre fui muito curioso com relação ao Tarot, e agora resolvi aprender a ler. Sou um amador, um leigo e primeiramente gostaria de parabenizar pelo seu blog que é incrível e está me ajudando muito nessa minha nova jornada. rs
    Bom, eu sou um pouco lerdo pra aprender as coisas. Preciso, além de estudar, que alguém vá fazendo comigo e me corrigindo. Por isso, quando você faz vídeos tirando as cartas, é uma mão na roda.
    Resolvi começar do começo. Uso só os arcanos maiores, embaralho pensando na pergunta e tiro uma carta. Para saber mais tiro mais uma, e depois mais uma. 3 no total. Eu não tenho tanto conhecimento para fazer uma interpretação fluída, por isso vou deduzindo pelo significado das cartas.
    Então, vim aqui pedir ajuda com um jogo que tirei. Você pode me ajudar e dizer o que acha da minha interpretação?

    Tirei 3 cartas, e a pergunta era sobre relacionamento. Sobre o que uma pessoa X quer comigo.
    Sairam, O Diabo, a Torre e a Imperatriz, respectivamente.

    Minha interpretação para esse jogo é o seguinte: Pelo Diado, vejo a paixão, o relacionamento repentino que temos, a atração, e como eu sou frustrado com ele, pois não consigo controlar a situação em que estou. Com a torre, vejo as dificuldades que tenho nesse relacionamento, os conflitos que temos tido, e que não devo continuar com esse relacionamento, pois, a Imperatriz indica infidelidade, falsidade da parte da pessoa. Que ela não sente o mesmo por mim, mas só uma atração mesmo.

    O que acha? Pode me ajudar?

    Tenho dificuldade para interpretar quando a carta significa o lado bom ou o lado ruim. Acho que isso vou entender com o tempo né?

    Obrigado Léo, e continue postando (:

    Abs

    Comentário por Tiago — fevereiro 10, 2012 @ 11:38 PM

  8. Oi Léo. Mais dúvidas… Vc. poderia explicar as cartas da corte com exemplos? Tenho muito dúvida quando elas saem, na verdade fico torcendo que nem apareceçam.rsrsrs.

    Vlw.

    Comentário por Flávio — fevereiro 15, 2012 @ 1:06 PM

  9. Olá Leonardo,

    Eu nao vejo assim como tu disseste.

    Repara na posição da cabeça na primeira carta, e repara na posição da cabeça da segunda carta.

    Ambas olham para o chao de uma maneira superior para inferior, o que denota que tu estás a forçar a tua vista mais porque estás a ver ou a estudar as coisas de um plano incorrecto.

    Depois temos um banco nas duas figuras, poderá ser uma posição incorrecta que tu tenhas a nivel corporal e que te obrigue depois a forçar mais a parte da visao.

    Depois temos a primeira carta que esta no ambiente exterior, podemos interpretar que inicialmente tu ate consegues focar bem, mas depois com a segunda carta da a ideia de que o teu foco fica mais fechado ( Porque a segunda carta esta num ambiente fechado ).
    Isto nos diz alem das coisas que mencionei em cima, que te focas demasiado numa coisa por algum tempo, e faz com que a tua visao nao se mexa e produza movimento. E isso faz com que sobecarregues a vista.

    Espero ter ajudado.

    1 abraço e continua a colocar coisas, porque faz bem :]

    Comentário por Helder — fevereiro 23, 2012 @ 9:51 AM

    • Nossa, muito interessante a forma que você interpreta, observando detalhes nas cartas que passam quase despercebidos. E faz sentido, sim!

      Muito obrigado pela participação!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 4, 2012 @ 2:37 AM

  10. Leonardo, seu site é ótimo! Não pare de escrever, por favor! 🙂
    Abraços,
    Mel

    Comentário por melissacba — março 7, 2012 @ 9:04 AM

    • Nossa, brigado, Melissa! Fico muito contente em saber que meu trabalho é apreciado! Eu não pretendo parar de escrever não, estou me esforçando pra me reaproximar do blog – esse distanciamento também me incomoda, rs.

      Abraço, e brigado pela participação!

      Comentário por Leonardo Dias — abril 4, 2012 @ 2:35 AM

  11. E isso que o Tarot nos proporciona essa união de forças e conhecimentos com blogs bastante criativos. Sucesso!!!

    Comentário por sunny — junho 3, 2012 @ 11:44 PM

    • Muito obrigado pelo comentário e pelos votos, Sunny! Abraço.

      Comentário por Leonardo Dias — junho 25, 2012 @ 7:12 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: