Descobrindo o Tarot

agosto 31, 2009

Exercício SPR – Valete de Espadas

Filed under: Exercício SPR — Tags:, , , , — Leonardo Dias @ 11:30 PM

Swords11O exercício de SPR de hoje vai ser sobre o Valete de Espadas. Os valetes são a força do naipe manifestada em seu estado infantil, prematuro e pouco desenvolvido. Associados ao elemento Terra, essas figuras da corte representam exatamente as bases do desenvolvimento psicológico e pessoal que elas representam. Os valetes costumam ser entusiasmados, empolgados, e criativos.

No Valete de Espadas, isso se traduz por curiosidade e vivacidade mental. Representando novas ideias, essa carta muitas vezes indica também o começo de novos aprendizados. Também pode indicar descobertas, especialmente através de mensagens vindas pelos diversos meios – telefonemas, cartas, emails, etc. – mesmo fofoca. Ah, sim, esse é também um dos aspectos desse valete; ele gosta bastante de falar e, às vezes, fala demais, particularmente sobre coisas que ele não sabe direito.

A mensagem básica que os valetes anunciam é crescimento. Sempre que um deles aparece, podemos perceber como indicativos de um processo de desenvolvimento, desabrochar. Exatamente por isso é que eles sempre carregam uma conotação de inocência e imaturidade.

Casa 1 – A Situação

Nesta posição eu normalmente interpretaria esse valete ou como um momento de descobertas e aprendizado, ou de notícias que trazem novas informações. Ele também pode indicar uma pessoa na situação, trazendo informações novas.

Casa 2 – O Problema/desafio

Os problemas dessa carta têm a ver com basicamente duas coisas – sua inocência e inexperiência, e sua tendência a partir para conclusões precipitadas.

Os valetes são naturalmente precipitados. Todos eles tendem a agir primeiro e pensar depois, a encarar as coisas com menos seriedade do que elas têm. O valete de espadas pode aparecer nessa posição para indicar que o consulente não dispõe de toda informação necessária para fazer o que deseja e, portanto, deve procurar informar-se mais. O desafio aqui é assumir que não se sabe o suficiente ainda, que está aprendendo. Outra possibilidade seria a de que a carta aparecesse para representar uma tendência a falar antes de pensar, ou a tomar conclusões precipitadas.

Casa 3 – Os Recursos/vantagens

Representando as vantagens, essa carta indica inteligência, disposição para aprender, comunicabilidade e criatividade de ideias. Ainda que não tenha experiência, o entusiasmo do valete muitas vezes compensa essa desvantagem. O valete nessa posição também pode indicar que o consulente dispõe de informações valiosas para resolver suas questões, e que deve usá-las adequadamente.


Uma das aparições mais marcantes desse valete em minhas leituras foi quando ele apareceu com o Ás de Ouros em uma consulta sobre assuntos afetivos. Na hora eu não entendi muito bem o significado das duas cartas, mas alguns dias depois ele ficou claro pra mim, depois que recebi uma ligação que me trouxe uma notícia maravilhosa a respeito do assunto em questão.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: