Descobrindo o Tarot

setembro 5, 2009

Exercício SPR – Rainha de Paus

Filed under: Exercício SPR — Tags:, , , , , — Leonardo Dias @ 3:43 AM

Wands13A carta sorteada hoje para análise é a Rainha de Paus. A Rainha de Paus incorpora a energia do naipe ao qual pertence, com a profundidade e a visão introspectiva característicos das Rainhas; é energética, charmosa e intensa. Eu a vejo como alguém que segue seu coração o tempo todo. Determinada e competente, ela sempre vai em busca do que quer. Todas as Rainhas do Tarot são intuitivas e sensíveis – na Rainha de Paus, isso manifesta-se como instinto. No Tarot, as rainhas são associadas ao elemento água. Na Rainha de Paus, temos então água mais fogo – ebulição. Como acontecimento, essa rainha indica sucesso nos empreendimentos e realização dos desejos. Aqui vai a análise dessa carta posicionada nas três casas da disposição de situação, problema e recursos:

Casa I – A Situação

Como situação, essa carta pode representar alguém com as características da Rainha de Paus que está envolvido de forma relevante na situação. Também podemos interpretá-la como esse lado do consulente se fazendo presente na situação onde ele se insere. Seu lado intento, idealista, dedicado e radiante pode estar ativo no momento. Ele pode estar investindo tudo de si em algo, ou fazendo alguma coisa com muita paixão. Ilustrando um acontecimento, temos aqui sucesso, vitória e realização.

Casa II – O Problema/desafio

O problema aqui é o exagero. A Rainha de Paus tende a ser dramática, intensa demais, e às vezes mesmo teatral – histriônica. Nesta posição, essa carta pode indicar que o consulente está fazendo uma tempestade em seu copo d’água. Ele pode estar reagindo de maneira muito exacerbada, pode estar fazendo um escândalo desproporcional. Outra possibilidade é a de ele estar investindo energia demais, ou cedo demais, ou mesmo em algo que não merece tanto investimento. Outros significados incluem autoritarismo, idealismo cego e mente fechada.

Casa III – Os Recursos/vantagens disponíveis

A posição três indica os recursos de que o consulente dispõe para lidar com a sua situação. A Rainha de Paus traz consigo boas doses de auto-confiança, fé nos ideais, carisma e magnetismo pessoal, charme, otimismo, paixão e boa disposição. Essa rainha também pode indicar, claro, uma pessoa específica que pode ajudar o consulente, dando-lhe coragem e restaurando sua fé em si mesmo, por exemplo.

Olhar os detalhes dos desenhos das cartas pode ser uma experiência instigante. Deles podemos extrair significados que nos ajudam a conhecer melhor cada carta, nos familiarizarmos com elas. Um detalhe que sempre me chamou a atenção na Rainha de Paus do baralho Waite-Smith é o gato preto aos pés da rainha. Essa carta também contem diversas imagens que aludem a outros felinos, os leões – ladeando o seu trono, e gravados em relevo em seu espaldar, junto com os girassóis. Isso automaticamente me remete a duas divindades egípcias – Bast, ou Pasht, a deusa-gato da fertilidade (leia-se capacidade de ter filhos), do lar e da feminilidade e; Sekhmet, a deusa leoa do Alto Egito, relacionada à guerra e ao próprio faraó. Ambas divindades são relacionadas ao sol. Os gatos costumam ter papéis proeminentes em diversas culturas, mas o fato de o Tarot ter sido tão associado ao Egito desde sua descoberta, no século XVIII, me sugere que o gato da Rainha de Paus tem uma conotação mais egípcia. Bast foi uma das deusas mais populares do Egito antigo. Originalmente associada à guerra e ao próprio sol, tais atributos mais tarde foram conferidos a Sekhmet, ficando Bast mais associada à fertilidade e ao lar. As duas deusas tem aspectos e atributos similares, e seus papéis muitas vezes se confundem. O caráter solar da Rainha de Paus é evidente. O gato, ali, além de poder significar o lado mais doméstico e dedicado dessa rainha, pode estar associado às bruxas e seus encantos. Os gatos também são associados, desde o Egito antigo, aliás, à Lua.

O Gato da Rainha de Paus - mais Deusas egípcias

Apesar de gostar de listas de significados, eu acredito que analisar cada carta em seus diversos níveis de interpretação (a imagem em si, os conceitos que ela expressa, as associações elementais/astrológicas/numerológicas, etc.) nos leva a uma compreensão mais consistente de cada arcano. Claro, isso leva tempo; e, sim, listas são legais por sintetizarem os conceitos de forma esquemática (o que facilita a memorização), e por servirem bem como fonte de consulta rápida. Contudo, a exemplo das palavras, os significados das cartas define-se pelo seu uso. Embora normalmente analisemos cada carta separadamente, é em conjunto, na leitura, que elas mostram sua vida.

%d blogueiros gostam disto: