Descobrindo o Tarot

agosto 27, 2009

Exercício de posições – SPR – Introdução, Oito de Espadas

Filed under: Exercício SPR — Tags:, , , , , , — Leonardo Dias @ 11:23 PM

Encontrei esse exercício no site Tarot Studies, de Donald W. Stephens, e me pareceu uma forma bem legal de exercitar o conhecimento das cartas.

A ideia é pegar uma carta por dia e aplicar a uma disposição que Donald chama de Situation, Problem, Strenghts, ou simplesmente SPS. A gente pode traduzir livremente como Situação, Problema, RecursosSPR. Tal disposição consiste em três cartas, dispostas em linha (vide imagem abaixo). As funções de cada posição são:

Casa 1 – A situação;

Casa 2 – Problemas e desafios a serem superados; influências negativas/desfavoráveis – as coisas “ruins” em uma situação;

Casa 3 – Vantagens e recursos que oferecem ajuda; influências positivas/favoráveis as coisas “boas” em uma situação.

O exercício funciona assim – todos os dias, escolha uma carta diferente e aplique-a a cada uma das três posições da SPR, descrevendo como o seu significado assume a conotação de cada posição. Você pode começar com a carta zero, o Louco, e ir percorrendo o Tarot todo até a última carta de naipe. Eu achei mais legal simplesmente sortear uma carta ao acaso, e ir marcando qual carta foi tirada, pra não repetir. Marque as impressões em um caderno, ou no seu diário de Tarot, Livro Negro, ou como quer que você o chame.

A primeira posição é basicamente neutra; a segunda enfrenta mais os aspectos negativos ou difíceis da carta – como ela se comporta indicando problemas e dilemas; a terceira posição desperta o lado mais favorável e positivo da carta. Além de ajudar a flexibilizar o significado de uma carta, esse exercício nos for força a entender cada arcano de forma mais integral.

A propósito, é sempre bom bater nessa tecla, eu acredito que os conceitos de “bom” e “ruim”, “bem” e “mal”, são abstrações que só existem na mente humana, e obedecem claramente à política pessoal de favorabilidade de cada um. A realidade fora das nossas mentes é muito mais rica, e vai muito mais além das nossas noções maniqueístas de bem e mal. E eu vejo isso expresso de forma bem clara no Tarot.

Mas vamos ao exercício. A partir de hoje, todos os dias, eu vou sortear uma carta do Tarot e fazer essa discussão sobre ela, de forma sucinta. O exercício como um todo vai durar, claro setenta e oito dias – um pouco mais de um dois meses e meio, portanto.

Vamos começar com o… Oito de Espadas!

Casa 1 – A Situação

Situação limitada e delicada, onde cada passo pode por tudo a perder. O problema maior, no entanto, é a predisposição da pessoa envolvida a colocar-se no lugar de presa, sem perceber que ela própria é quem faz a situação ficar limitada e delicada, porque sua visão da situação é assim. De modo geral, mostra simplesmente uma situação aprisionadora e restritiva.

Casa 2 – O Problema/desafio

Ideias e preconceitos atrapalhando uma concepção mais realista da situação. Mentalidade de vítima e sensação de impotência ante a situação. O desafio aqui é encontrar uma saída inteligente – o que inclui libertar-se das amarras dos próprios pensamentos. Outro desafio seria ver a verdade como ela é – essa carta sugere muito a verdade falsa, que aprisiona e limita.

Casa 3 – Os Recursos/vantagens

É nessa posição que essa carta fica mais difícil de ser interpretada, principalmente porque a gente é acostumada a dar a ela um significado negativo. Que recursos o Oito de Espadas poderia nos oferecer? O dilema em ver os recursos presentes nessa carta está no fato de que ela em si é apresentada como um dilema, uma situação problemática. Porém, os recursos estão lá, escondidos. A mesma coisa que está atrapalhando pode ajudar – é uma questão de direcionamento. O que atrapalha aqui são as espadas (símbolos do pensamento, no Tarot). O problema é que os pensamentos estão sendo usados de forma prejudicial ao seu dono – limitam, restringem, e o impedem de ver a verdade. Eu diria, portanto, que os recursos e as forças representados por essa carta têm a ver com a capacidade de limitar e definir do nosso intelecto; tem a ver com inteligência, e capacidade de raciocínio. Falando de uma forma geral, os recursos indicados nessa carta são força, poder e capacidade.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: